CÃIBRAS MUSCULARES

As cãibras musculares são muito presentes em quem realiza a prática de exercícios físicos intensos, até pelo fato de estar levando a musculatura a um nível alto de esforço e compressão de fibras. Para entendermos melhor o que vamos falar mais a diante, primeiramente vamos descrever o que é a cãibra. As cãibras são contrações involuntárias e dolorosas de um músculo ou de um grupo de muscular, a mesma pode começar durante uma atividade física, no repouso ou até dormindo. É comum as pessoas pensarem que este “problema” é pertinente do exercício que você está praticando, ou do modo como o pratica, mas na maioria das vezes o grande problema está na falta de condicionamento físico e na fadiga.

Vamos à pergunta que não quer calar: O que causa as cãibras musculares?

Infelizmente em muitos casos, a causa exata do sintoma é desconhecida, porém, existem alternativas sólidas que estão diretamente ligadas a este problema. Resumidamente o uso excessivo de um músculo,  desidrataçãotensão muscular ou simplesmente manter a mesma posição por um período prolongado de tempo pode resultar em uma cãibra muscular. Abaixo, iremos citar causas relacionadas a falta de nutrientes ou até algumas instabilidades do nosso organismo, que facilitam e propiciam o encurtamento e a rigidez do nosso músculo:

PERDA DE LÍQUIDO OU SÓDIO

Para atletas, profissionais e/ou amadores, a grande perda de líquido e sódio costumam ser fatores determinantes para as cãibras musculares. O sódio em si, é um mineral presente em nossas terminações nervosas, é ele quem é o responsável pelas ações que levam movimento aos nossos músculos. A partir destas informações, já deu para notar que uma perda significativa deste elemento, deixa seu músculo mais suscetível e sensível a lesões.

POTÁSSIO

            Se tratando deste sal mineral, entra aquela velha história de que comer banana antes do treino ajuda a evitar a cãibra, pois é uma fruta rica em potássio. Sim, realmente ela ajuda, mas não só ela, existem vários outros alimentos rico em potássio que também podem ser ingeridos para o acúmulo de potássio no organismo, porém, de nada adianta ingerir uma quantidade significativa de potássio se não há uma boa hidratação durante a prática de atividades físicas, pois é o líquido que transporta todo e qualquer tipo de nutriente ou sal mineral para partes distintas do nosso organismo.

TRANSPIRAÇÃO

Aqui, entramos em um ponto, onde muitas pessoas se surpreendem. Sim, a transpiração do nosso corpo também é responsável pelas cãibras musculares. O que ocorre, é que durante a transpiração, perdemos quantidades mínimas de cloreto de sódio, e mesmo sendo mínimas, é o suficiente para causar problemas musculares. Diante disso, fica claro que dietas com déficit de sódio não podem ser aplicados à pessoas que realizam a prática de exercícios físicos e caso haja eventuais episódios de cãibras é sempre importante estar ingerindo alimentos e ou bebidas que contenham cloreto de sódio.

É sempre importante lembrar que dadas as devidas explicações e/ou causas, há a necessidade de um diálogo com seu médico, para que assim saiba de seus limites ou intolerâncias relativas à dietas, ou se por motivos  maiores a causa da cãibra seja um pouco mais agravada.

Agora, chega de falar em causas, e vamos às possíveis soluções para amenizar, ou pelo menos, prevenir que este problema aconteça. Primeiro de tudo vamos aos cuidados para evitá-la:

  • Alongar e aquecer a musculatura antes de iniciar a atividade física;
  • Ingerir líquidos adequadamente;
  • Se você pratica atividade física, considere tomar bebidas isotônicas;
  • Tenha uma dieta equilibrada;
  • Usar calçados adequados e confortáveis para práticas esportivas ou para quem fica muito tempo em pé;
  • Manter uma dieta equilibrada com as vitaminas e sais minerais;
  • Respeitar seu limite físico para não causar dores por exaustão;
  • Evitar alimentos e bebidas diuréticas para amenizar a perda de nutrientes.

Existem também algumas alternativas que ajudam a diminuir a dor no momento em que a cãibra está ocorrendo, são elas:

  • Aplicar compressa quente ou fria no local onde estão acontecendo os espasmos musculares;
  • Ingerir medicamentos anti-inflamatórios, como ibuprofeno.

Deixamos expostas aqui, de forma bem clara, algumas informações para que você possa ter uma prática de exercícios saudável, sem a necessidade de estar se preocupando com as incomodativas cãibras. É muito importante saber que em nosso organismo um hábito não saudável pode ter suas consequências expostas de alguma forma ou em algum problema, por isso… Previna-se!

Related posts

Leave A Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.